- Notícias, Saúde

Vereador solicita Banco de Remédios para população de baixa renda

Vereador quer criar Banco de Remédios para pessoas que não possuem condições de comprá-los

Estudar políticas públicas que defendam a saúde da população e implantar medidas que ampliem o acesso a medicamentos. Com este intuito, o vereador Anderson Christofoletti (PMDB), encaminhou requerimento junto à Fundação Municipal de Saúde para a criação de um Banco de Remédios, para ajudar pacientes que não possuem condições financeiras para comprá-los.

Segundo o vereador, atualmente faltam muitos medicamentos.  Além disso – diz ele – as Unidades Básicas de Saúde do município não fornecem outros inúmeros produtos farmacêuticos, devido ao alto custo destes. De acordo com a proposta, uma forma de compensar o déficit seria por meio de doação, considerando que existem entidades que poderiam repassar medicamentos que não usam mais.

O objetivo é estudar, pesquisar e possibilitar a criação de uma farmácia informal gratuita – o Banco de Remédios – utilizando doações de pessoas que deixam sobrar cartelas de remédios com dezenas de comprimidos em boas condições de uso. Além disso, haverá a possibilidade de doações de clínicas médicas, hospitais, profissionais da saúde e cidadãos interessados em dar vida longa aos remédios, observa o vereador.

A distribuição dos medicamentos, segundo o requerimento, seria por meio de um cadastro no município, para pacientes necessitados e que estejam portando a receita médica do medicamento solicitado.

“O bem maior desta proposta é a vida e os benefícios que pacientes e pessoas necessitadas terão”, afirma Anderson Christofoletti.