- Notícias, Saúde

Votação de projeto em tempo recorde contribui para a criação do Curso de Medicina em Rio Claro

O credenciamento do Curso de Medicina para Rio Claro confirmado na última terça-feira, 1º, pelo governo federal, em Brasília, motivou a realização de coletiva de imprensa no Gabinete do Executivo. O prefeito João Teixeira Junior, o Juninho da Padaria, secretários municipais e os vereadores Julinho Lopes (PP), Rafael Andreeta (PTB), José Pereira dos Santos (PTB), Yves Carbinatti (PPS), Maria do Carmo Guilherme (PMDB), Geraldo Voluntário (DEM), Seron do Proerd (DEM), Irander Augusto (PRB), Val Demarchi (DEM) e Adriano La Torre (PP) estiveram reunidos com o deputado Aldo Demarchi e o padre Luiz Claudemir Botteon que representou o Claretiano Faculdades responsável pelo curso que terá início em fevereiro do próximo ano.

Em sua fala, Juninho da Padaria agradeceu o apoio da Câmara Municipal que no início deste ano não poupou esforços para aprovar em tempo recorde o Projeto de Lei 02/2017 que resultou na promulgação da Lei Municipal 5.026/17. “A participação do Legislativo foi fundamental para Rio Claro possa agora comemorar esta conquista”, disse o prefeito na coletiva.

Representando a Câmara de Rio Claro, Julinho Lopes ratificou a fala do prefeito Juninho e pontuou que o Projeto 02/2017 deu entrada no dia 6 de fevereiro deste ano. “Votamos em primeira discussão no dia 13 e em segunda discussão no dia 16 do mesmo mês. Agilizamos a votação atendendo a urgência da situação”, citou o parlamentar ao citar da parceria estabelecida entre o município e o Colégio Claretiano.

O Padre Botteon confirmou que o vestibular para a primeira turma será realizado no dia 13 de dezembro deste ano e o início das aulas está previsto para o dia 18 de fevereiro do próximo ano. “Já temos 120 inscritos para o vestibular”, finalizou.