- Educação, Notícias

Programa de orientação a estudantes avança no município, confirma Seron do Proerd

Vereador Seron do Proerd com alunos da escola Senai

Contribuir com a preparação das crianças e jovens, no que diz respeito ao convívio social, familiar e escolar através de orientações profissionais em várias áreas. É com este objetivo que o vereador Ruggero Seron, também conhecido como Seron do Proerd, e Leonardo Andrade estão à frente do Programa de Juventude, Educação e Cidadania denominado Projec na condição de instrutores.

A turma do Colégio Objetivo formou-se na noite da última terça-feira, 28. O Projec atua no incentivo à educação, cidadania com foco no combate e prevenção ao uso de drogas por jovens. A meta, cita o parlamentar, é evitar o primeiro contato.

“O Projec, em cinco meses, já atendeu 700 estudantes”, afirma Seron ao observar que além dos alunos do Objetivo as orientações também foram levadas para a escola Antônio Sebastião da Silva. “O programa atende alunos das redes pública e privada, empresas, clubes e serviços”, acrescentou o parlamentar que neste ano também já esteve na Escola Senai (80 alunos) e na Heloísa Marasca (300 alunos).

O programa preventivo e com viés estratégico, detalha Seron, tem o principal objetivo de contribuir com a educação das crianças em seu contexto de convívio social e escolar, devidamente ministrado por profissionais com experiência em ações preventivas. “É preciso unir forças em prol do futuro das nossas crianças”, assinala o parlamentar ao registrar a importância do acompanhamento permanente de pais e professores. “As orientações profissionais, como as que repassamos via o Projec, completam o ciclo de aprendizado”, frisa.

O programa tem como foco principal alcançar crianças a partir do 5º ano do ensino fundamental, mostrando-lhes os efeitos das drogas e ensinando as habilidades necessárias para nunca se aproximarem deste grave problema que afeta muitas famílias no país.

O Projec visa ainda aproximar o aluno de programas de cidadania voltado ao desenvolvimento social e ambiental, com ênfase no desenvolvimento socioambiental em parceria com instituições públicas e privadas. As orientações do programa serão focadas no desenvolvimento e aperfeiçoamento da auto-estima, controle das tensões, civilidade, além de ensinar técnicas de auto-controle e resistência às pressões de grupos e companheiros, para evitar e resistir a formas de oferecimento de drogas por pessoas próximas e estranhas do convívio das crianças e adolescentes.