- Infraestrutura, Notícias

Vereador pede definição de finalidade para obras paralisadas na Av. Brasil

A vizinhança da Avenida Brasil não tem porque ser obrigada a conviver com a poeira e o mato alto nessa área abandonada. O alerta é do vereador Julinho Lopes ao requer destinação adequada para a área que seria utilizada para a construção de uma pista de mountain bike entre os bairros Jardim Floridiana e Jardim América.

Pista de mountain bike localizada na Av. Brasil

Montes de terra ocupam a área com obras paralisadas na fase inicial. Conforme o projeto interrompido, a prefeitura construiria uma pista para a Associação Paulista de Mountain Bike ali desenvolver programais sociais esportivos e de recreação.

Devido à resistência dos moradores em terem uma pista deste tipo na vizinhança, o projeto que facultaria o convênio entre prefeitura e a associação foi rejeitado pela Câmara Municipal no ano passado. Nos últimos meses os trabalhos foram interrompidos depois de iniciada a formação de montes de terra.

“É preciso dar uma destinação para isso, ou se faz aqui uma área pública de lazer utilizando essa terra ou se remove tudo para dar espaço a algum outro projeto”, calcula Julinho Lopes. A preocupação é poupar os moradores do entorno de poeira e de ter uma área em degradação na vizinhança.

Para ele, a ideia inicial de uma pista para bicicross ainda poderia ser útil desde que redimensionada e desvinculada de convênios com associações ou projetada para competições.

“Poderia ser algo bem simples para atender as crianças do bairro e região que atualmente já brincam aqui nos finais de semana”, estima o vereador.
Julinho Lopes salienta haver risco no fato das crianças utilizarem o local como hoje se encontra.

“Adequar uma área de lazer integrando tais necessidades resolveria o problema e pouparia os moradores de serem vítimas de poeira, daí a nossa proposta”, explica.