- Homenagem, Notícias

Conciliadores são homenageados na Câmara pela ação voluntária no município

Conciliadores no Plenário da Câmara Municipal na homenagem realizada quinta-feira, 22/11

Mediar conflitos em busca de solução para problemas sem a necessidade de decisão judicial. Com o objetivo de prestar homenagem às pessoas que se dedicam, de forma voluntária, a Câmara Municipal realizou solenidade para comemorar o Dia do Conciliador de Justiça na noite de quinta-feira, 22/11.

A Mesa Principal coordenada pelo presidente da Câmara Municipal e autor da lei que instituiu a homenagem André Godoy contou com: juiz de Direito Wagner Carvalho Lima do Centro Judiciário de Soluções de Conflitos e Cidadania (Cejusc) de Rio Claro; Larissa Davis Moraes, chefe de seção do Judiciário; Rodrigo Ragghiante, secretário municipal de Negócios Jurídicos que representou o prefeito Juninho da Padaria e os vereadores Geraldo Voluntário (DEM) e Cabo Seron (DEM).

André Godoy, em sua fala, agradeceu o empenho dos homenageados no trabalho que avalia de vital importância para amenizar conflitos que levam pessoas a embates jurídicos. Para o presidente da Câmara, a ação voluntária tem papel fundamental na construção de uma sociedade cada vez melhor.

“Ao homenagear nesta noite as pessoas que se dedicam a auxiliar os cidadãos na solução de problemas, de forma rápida, através da conciliação e do diálogo, estamos reverenciando um exemplo de trabalho que enaltece e deve nortear também as nossas ações em prol de uma sociedade melhor”, afirmou o presidente da Câmara. Ele salientou, também, que a figura do conciliador serve como inspiração e motivação para encontrar soluções conjuntas dentro da lei e sem a necessidade de uma decisão judicial.

O juiz Wagner Lima enfatizou a realização de seis anos de atividade do Cejusc e exaltou a homenagem realizada aos conciliadores. “Não tenho dúvidas de que essa homenagem é uma das mais justas que essa Casa já fez aos seus cidadãos, porque os conciliadores já são figuras importantíssimas na sociedade. Se nós observarmos o trabalho que eles têm feito, pelos números que temos, já representa metade do trabalho do judiciário local”. Ainda, afirmou, que só nesse ano, obtiveram uma taxa de aproveitamento em torno de 50% de acordos efetivados e que há uma vantagem em comparação as sentenças, já que os acordos são cumpridos.

Rodrigo Ragghiante parabenizou os homenageados: “Gostaria de parabenizar os conciliadores por esse dia, exercendo um papel fundamental na solução dos conflitos, no desafogamento dos processos judiciais, que sabemos que o judiciário permanece carregado de processos e os conciliadores realizam um papel fundamental, social também, na solução dos conflitos”.

Os homenageados pela Câmara Municipal neste ano foram: Álvaro Francisco Marigo; Antônio Carlos Gregato; Antônio José dos Santos; Carlos Augusto Dezotti Filho; Cláudia Aparecida de Losso Seneme; Carlos Rogério Guolo; Disnei Devera; Edna Anastácio Ferreira Mesquita; Fabíola de La Corte Bacci Castilho; João Alfredo Torres da Silva Mello; Karim Kraide Cuba Botta; Lenira Maria Callau; Leopoldo Prado Nickel; Márcia Pimentel de Paula; Márcia Silva Rodrigues de Oliveira; Maura Teixeira; Mileide dos Santos; Nadir de Barros Gomes Tagliolato; Neide Cristina dos Santos; Patrícia Migotto Seraide; Patrícia Sousa Floriano; Rosângela Vieira da Cunha e Susana Batista da Silva Weck.