- Ação Parlamentar, Notícias

Rio Claro busca apoio para implantação de CRI

Na última segunda-feira, 08, o vereador Geraldo Voluntário (DEM), acompanhado de Paulo Meyer e Vilson Andrade, ambos da Assessoria dos Direitos da Pessoa com Deficiência do município de Rio Claro, estiveram reunidos na Secretaria de Estado da Pessoa com Deficiência de São Paulo com a titular da pasta e ex-deputada estadual, Célia Leão, com o objetivo de buscar apoio para que Rio Claro possa contar com um Centro de Referência em Inclusão (CRI), espaço onde a população e principalmente pessoas com deficiência encontrem apoio, bem como atividades culturais e de lazer.

Rio Claro busca apoio para implantação de Centro de Referência em Inclusão

Célia Leão, que tem como principal objetivo a formulação de políticas públicas que contemplem a luta pelos direitos das pessoas com deficiência, orientou a comitiva de Rio Claro sobre como desenvolver o projeto e colocou a Secretaria e sua equipe técnica à disposição do município para ajudar na construção do projeto. “É nosso desejo implementar políticas sociais onde o resultado final é a garantia de vida com qualidade, especialmente às pessoas com deficiência”, pontou a secretária.

O “Memorial da Inclusão: Os Caminhos da Pessoa com Deficiência” é o modelo para ser seguido em Rio Claro. Localizado em São Paulo, no Memorial da América Latina, são realizados estudos, debates, pesquisas, simpósios, seminários, cursos e palestras, sempre voltados para a relevância da participação dos deficientes na sociedade e os seus direitos.

“Um espaço como este seria fundamental para o incentivo e fomento de políticas públicas transversais e intersetoriais para pessoas com deficiência em nosso município”, defende Paulo Meyer.

Por fim, o vereador Geraldo Voluntário afirma que este é um passo muito importante para viabilizar o projeto. “O nosso intuito é dar a população um espaço de acolhimento em nossa cidade. Inclusive queremos que além das pessoas com deficiência, este seja um local que receba mulheres, idosos, negros, jovens e todos aqueles que lutam pelos seus direitos”, finalizou o parlamentar.