- Meio ambiente, Notícias

Discussão sobre a taxa de esgoto cobrada das indústrias ganha força em fórum nacional

A busca por caminhos que possam tornar as cidades sustentáveis é o tema central da segunda edição do Fórum Brasil de Gestão Ambiental (FBGA) que teve início na última quarta-feira, 26/6, e vai estender-se até sexta, 28/6, no Pavilhão Expo Dom Pedro, em Campinas.

Vereador Julinho Lopes com o ex-secretário estadual de Meio Ambiente Maurício Brusadin

Vereador de Rio Claro e presidente do Conselho Fiscal do Consórcio PCJ – Bacia dos Rios Piracicaba, Capivari e Jundiaí, Julinho Lopes (Progressistas) destaca a importância do evento que aborda deste a gestão responsável dos resíduos e preservação das nascentes até a adoção de políticas públicas que possam contribuir com o setor industrial.

“Temos vários temas relevantes neste momento, mas, tenho solicitado apoio para que a taxa de esgoto cobrada do setor industrial seja revista”, comentou o parlamentar no Fórum. Segundo ele, as indústrias já contam com pré-tratamento de resíduos antes de lançá-los na rede. “A meu ver, o valor cobrado deve ser menor”, acrescentou Julinho Lopes ao enfatizar que o combate ao desemprego passar por políticas de fortalecimento das indústrias.

O Fórum Brasil de Gestão Ambiental é uma iniciativa quadripartite e tem como objetivo integrar, estimular e articular as diversas iniciativas que visam ao fortalecimento da gestão ambiental pública e privada e à promoção da sustentabilidade. Reúne organizações públicas das várias esferas de governo, não governamentais e empresas privadas e mistas com visões, interesses e escopos da mais alta relevância, qualidade e urgência para a discussão das principais temáticas relacionadas à gestão ambiental.

Com a participação de representantes de todos os estados da Federação além de outros 10 países, aproximadamente 300 municípios de todo o Brasil, cerca de 100 prefeitos, vereadores, secretários estaduais de meio ambiente, técnicos e autoridades do Ministério do Meio Ambiente e outros órgãos do governo Federal marcaram presença no evento.

Julinho Lopes destaca também as palestras que vão abordar o Projeto de Lei do Licenciamento Ambiental e Impactos nos Municípios, Direito Ambiental e Licenciamento e os 30 anos de gestão da água nas Bacias PCJ com dados específicos sobre a região de Rio Claro.