- Notícias

Câmara de Rio Claro adota medidas preventivas contra o coronavírus

Adotar medidas para evitar a propagação do novo coronavírus e desta forma conter a escalada da infecção que coloca em risco o funcionamento dos hospitais públicos.

A exemplo do Congresso Nacional, Supremo Tribunal Federal, Assembleias Legislativas e Casas de Leis Municipais, entre outros órgãos públicos, a Câmara Municipal de Rio Claro adota a partir desta segunda-feira, 16, medidas que visam evitar aglomerações de pessoas para conter o aumento de casos suspeitos, com risco de confirmação, do Covid-19, a infecção causada pelo coronavírus.

A partir desta data, inicialmente com validade por 30 dias, ficam suspensas as sessões solenes, audiências públicas e viagens. O acesso ao público nas dependências do Legislativo também fica suspenso.

Desta forma, o expediente acontecerá com número de funcionários reduzido e de portas fechadas, sem atendimento à população, que poderá entrar em contato com a Câmara pelo telefone 3526 1300 ou diretamente com os vereadores, por meio, de celular, e-mail, redes sociais e pelo WhatsApp.

As sessões ordinárias, às segundas-feiras, serão realizadas às 17h30 de portas fechadas. O público poderá acompanhar pelo Youtube (https://www.youtube.com/channel/UCTX02dynoBGZEI9pXLr4FeQ) e pela Rádio Clube AM (850 khz).

A Mesa Diretora Câmara Municipal de Rio Claro ratifica seu compromisso de não poupar esforços neste trabalho que tem como objetivo principal a preservação da vida.

Esse pacote de medidas leva em conta os dados da Organização Mundial de Saúde, a OMS, que coloca a Europa como novo epicentro da pandemia do coronavírus ao superar o número de confirmações da China.

O governo do Estado de São Paulo estima que 45 mil pessoas vão ser infectadas pelo coronavírus nos próximos quatro meses somente na Grande São Paulo. Diante desses números que comprovam o avanço da infecção, a Câmara de Rio Claro adota medidas preventivas como forma de colaborar com as pessoas que moram e trabalham na cidade